PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 29 de junho de 2016

BACABAL: E os avanços que a oposição não quer ver


Apesar dos avanços tecnológicos, do advento das Redes Sociais, do amadurecimento democrático, quebra de preconceitos e outras conquistas de extrema relevância para a nossa sociedade, ainda é possível nos depararmos com pensamentos provincianos e retrógrados que só resultam em prejuízos para a coletividade.

O que vem ocorrendo ultimamente no município de Bacabal retrata com fidelidade tal prática.
Com o objetivo único de chegar ao poder, simplesmente pelo poder, praticas nefastas se proliferam de forma acintosa e irresponsável patrocinadas pelos que se intitularam porta-vozes dos menos favorecidos.


Ao invés de engrossarem as fileiras e unir forças no sentido de ajudar a cidade e a população, setores de oposição ao atual governo (Entenda-se Roberto Costa e sua turma), direcionaram suas metralhadoras verbais com a finalidade única de desqualificar a as ações que mudaram pra melhor a vida de quem mora na cidade e na zona rural de Bacabal.
As obras que se espalharam ao longo da administração Zé Alberto, contrariam o que dizem seus adversários.

Em uma nação que ainda registra milhões de pessoas que  vivem abaixo da linha da pobreza, a Prefeitura de Bacabal implantou e vem mantendo com recursos próprias 03 Restaurantes Populares que alimentam diariamente quase 3 mil pessoas ao preço de R$ 2,00 cada refeição.

Na educação, o município é referência em todo o Estado do Maranhão, resultado de uma gestão democrática onde sindicato, educadores, Pais e alunos participam das decisões do setor. O reflexo dessas ações participativas resulta no cumprimento do Piso Salarial Nacional da categoria pago religiosamente em dia, no fornecimento integral da Alimentação Escolar com um adicional de 30 mil refeições diárias e transporte de qualidade para os alunos do município.

Como forma de incentivar a Agricultura Familiar, o Governo Municipal através de Emenda Parlamentar do deputado federal Alberto Filho (PMDB) disponibilizou 02 tratores grandes com carretas, 02 plantadeiras, 02 roçadeiras e grades aradoras que tem proporcionado aos pequenos agricultores um ganho significativo na produção.

No setor da saúde a Prefeitura de Bacabal vem estabelecendo parcerias com a União e o Estado no sentindo de melhorar o atendimento em todos os setores inclusive no que diz respeito a Alta Complexidade. Uma Unidade de Pronto Atendimento UPA Porte III com 15 leitos está quase pronta e o Novo Hospital Laura Vasconcelos que contará com 50 leitos sendo 10 de UTI será entregue em agosto. Vale ressaltar que no governo de Zé Alberto mais de 20 Unidades Básicas de Saúde UBS foram entregues à comunidade como forma de descentralizar o atendimento. Recentemente a Secretaria Municipal de Saúde também através de Emenda Parlamentar de Alberto Filho foi beneficiada com equipamentos, mobílias e veículos novos para o fortalecimento da Atenção Básica.

"Língua não é osso, mas quebra caroço" Deputado Roberto Costa no Restaurante do Povo.

Infraestrutura...

Calcanhar de Aquiles de todas as gestões que sofrem com a crise econômica e politica que o País atravessa, a Prefeitura de Bacabal encarou seus problemas de frente. Só nas ultimas semanas implantou 08 Frentes de Trabalho que resultaram na abertura de centenas de ruas em áreas que se encontravam intrafegáveis como Vila da Paz, São José Operário e Vila das Almas. Ações que valorizam a região e melhora a qualidade de vida de centenas de famílias..

“Rapaz, acordei com o barulho danado e disse meu Deus o que é isso? Abri a porta pra ver, dei de cara com as maquinas trabalhando, raspando rua, colocando piçarra... nossa Senhora fiquei muito feliz e agradeci pessoalmente o nosso Prefeito” desabafou Adriana Sousa moradora da Vila da Paz.


As outras Frentes de Trabalho se concentram na recuperação de ruas com a Operação Tapa Buracos, o alargamento e melhorias de estradas vicinais e o asfaltamento de outras dezenas de ruas e avenidas utilizando recursos provenientes de mais uma Emenda Parlamentar do deputado Alberto Filho. O Prefeito da cidade Zé Alberto Veloso está coordenando pessoalmente as Frentes de Trabalho e tem reafirmado que não vai se curvar diante da crise e muito menos das criticas e agressões que vem sofrendo por parte dos seus adversários.
“ A crise existe e todos sabem disso, mas nós não podemos ficar parados aguardando as coisas melhorarem, temos que ir a luta, trabalhar. Eu só gostaria que aqueles que me esculhambam todos os dias na TV e na Assembleia como o deputado Roberto Costa 

​que é nos ajudasse, mandasse suas emendas pra Bacabal e não só falar mal do governo. hoje a cidade de Bacabal é um “Canteiro de Obras” pode andar que todo mundo vai ver e vamos continuar trabalhando pelo nosso povo” disse Zé Alberto em tom de desabafo.


Os problemas existem isto é fato, mas não se pode esconder que muitos avanços foram obtidos.
O que a sociedade de Bacabal precisa ficar atenta, são com as promessas que jamais poderão ser cumpridas e com os explícitos engodos por parte daqueles que já tiveram a oportunidade de contribuir com o desenvolvimento da cidade, mas simplesmente cruzaram os braços.
Pensem nisso...

terça-feira, 28 de junho de 2016

O PERIGO QUE RONDA OS BACABALENSES; QUEM É O FORASTEIRO ROBERTO COSTA, QUEM SÃO SEUS FAMILIARES?


Nesta pré-campanha a prefeito de Bacabal muito se tem ouvido falar em Roberto Costa, e não poderia ser diferente. O deputado estadual é o único que teve o privilégio de há quase dois anos começar a propagar seu nome e prestar favores já visando o pleito municipal. Essa largada na frente, lógico, lhe rendeu vantagens sobre seus demais concorrentes que, até o momento, nem foram todos definidos. 


Nessa campanha eleitoral antecipada o parlamentar comete os mais variados excessos, o maior deles é o uso desenfreado de uma concessão pública para se autopromover, situação que, inclusive, já foi denunciada há algum tempo pelo jornalista Abel Carvalho: “Aqui em Bacabal o senador João Alberto e o deputado estadual Roberto Costa usam à revel a TV Difusora, emissora que tem como concessionários os integrantes da família do senador Edson Lobão, para promoção pessoal e política. O deputado Roberto Costa simulou uma parceria com a concessão pública federal para promover o seu nome de maneira subliminar com o objetivo de sufragar votos nas próximas eleições”, escreveu o jornalista.

A campanha antecipada de Roberto Costa, além de tudo, tem tido custo financeiro elevadíssimo que, obviamente, será devidamente ressarcido pelos cofres públicos do município com juros e correções monetárias.

Deve ser por esse motivo que Roberto é considerado como o dick vigarista; Vigarista é um personagem fictício e vilão que surgiu em várias séries de desenhos animados, conhecido por ser o vilão da história, sempre tentando ganhar a corrida maluca com trapaças. Inúmeras vezes Dick Vigarista, liderando a corrida após realizar suas trapaças, acabava com seu carro parado a poucos centímetros da linha final, e logo após todos o ultrapassavam, deixando-o em último.

Até para que sirva como alerta, é preciso esclarecer alguns pontos que, talvez, a população sedenta por mudanças, nem perceba.

Numa eventual vitória de Roberto Costa, quem mais perderá, certamente, serão os próprios bacabalenses que verão estreitar, ainda mais, o campo de oportunidades de emprego, pois é certo - como dois e dois são quatro -, que o quadro de servidores contratados da Prefeitura de Bacabal será preenchido em sua grande maioria por pessoas de São Luís, como assessores e correligionários do deputado que, a partir de janeiro de 2017, não teriam mais seus empregos e vencimentos via gabinete da Assembleia Legislativa.

Obviamente que neste pacote de prejuízos também estão inseridos profissionais de áreas importantes como Administração, Finanças, Comunicação, Educação, Saúde e Infraestrutura. Pelo menos para a titularidade dessas pastas já é sabido que os nomes foram previamente escolhidos e, digo, não tem nenhum bacabalense na relação. São técnicos e cabos eleitorais, inclusive do deputado federal João Marcelo (PMDB), filho do senador João Alberto, que nas eleições de 2018 concorrerá à reeleição.

O egocentrismo de Roberto Costa é tamanho que ele se dar ao desplante de, sequer, cogitar como seu candidato a vice alguém que tenha raízes mais fortes com o município, todo e qualquer nome que compõe as classes política e empresarial bacabalense é descartado, exceto os que agem sob suas ordens e têm seu domínio absoluto, como é caso dos vereadores Serafim Reis, Melquiades Neto e Natália Duda, além do coronel Egídio Amaral, todos do PMDB.

Outra dissonância nesse amor repentino de Roberto Costa por Bacabal é a falta de laços entre o povo dessa terra e sua família. Não há praticamente, entre os quase ou mais de 100 habitantes de Bacabal, quem conheça ou já trocou uma palavra com um membro da família Costa, em São Luís é quase da mesma forma. É alguém de histórico de vida absolutamente desconhecido, tudo que se sabe sobre Roberto Costa é que ele é cria de João Alberto, moldado desde menino para ser um soldado que nunca diz não. Aliança que, aliás, nunca rendeu muitos dividendos para Bacabal.

Até dezembro de 2014 quando Roseana Sarney completou seu quarto mandato, isso mesmo, quarto mandato, a Princesa do Mearim foi tratada com total desprezo. Dos vários hospitais muito bem equipados que foram inaugurados, nenhum foi em Bacabal, apesar da enorme influência da dupla no governo. Esse “quanto pior melhor” continua em prática e, enquanto Bacabal ainda padece sem saúde, os dois apenas apontam o dedo para erros, sem ao menos estender a mão de alguma forma para ajudar.

Se fosse contar aqui quantos fatores de risco há em eleger Roberto Costa, passaria dias a fio. Então, esse alerta em forma de desabafo tem a finalidade de contribuir para que Bacabal não caia nessa arapuca.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Bacabal: “São João na Terra de Papete” veja como foram os primeiros 3 dias


A frase acima resume com fidelidade o que vem predominando nos arraiás pelo Maranhão afora. Nas principais cidades do interior do Estado o forró moderno dividiu espaço com as toadas de um dos maiores percussionistas do planeta. Papete, filho ilustre de Bacabal se transformou na principal estrela do São João Maranhense.

Em São Luís, cantores e compositores se reuniram para ecoar as canções que se eternizaram na voz do agora imortal “Bandeira de Aço”
Na cidade de Bacabal “Torrão” de José de Ribamar Viana  não foi e nem poderia ser diferente.
Artistas locais dividiram o palco para reverenciar aquele que se constituiu numa lenda da música instrumental e principal referência da cultura maranhense (Bumba Meu Boi).

Além do “Tributo a Papete” os três primeiros dias de São João foram marcados por muita diversidade cultural. Houve Concurso de Quadrilhas, Bumba Meu Boi, Tambor de Crioula, Cacuriá e muito Forró, destaque para Monique Pessoa, Forró da Chica, Perbóire e Forró Bacana.

Já o “Tributo a Papete” ficou a cargo dos cantores Victor Paraíba, Perbóire Ribeiro, Diana Carol, Tchaca Tchaca e Marcos Maranhão.

Além dos shows, o público aproveitou para saborear a culinária regional, indispensável durante o período junino.
A segurança do evento organizado pela Secretaria Municipal de Cultura com o apoio das demais secretarias tem sido um fator importante para os brincantes.

“É muito bom você sair de casa para se divertir, chegar aqui e ter essa sensação de segurança, policia presente, corpo de bombeiro, SAMU, isso é muito legal” disse a comerciante Adélia Santos que veio do interior do Pará para curtir o São João bacabalense.
Cristina Miranda que responde pela titularidade da pasta da cultura no município, considera que o São João deste ano está sendo o mais cultural de todos os tempos.

“Sem desqualificar as versões anteriores, mas o São João deste ano está sendo sem dúvida o “Mais Cultural” de todos por vários fatores: tributo a Papete, a presença mais forte dos artistas da terra, sem esquecer das atrações nacionais. Uma diversidade cultural bem mais  ampla e que agrada a todos” Disse Cristina Miranda.


quinta-feira, 23 de junho de 2016

Rapidinha do Blog

 
O titular deste Blog recebeu informações quentinhas de que um pré-candidato à prefeito de Bacabal perdeu o controle do seu partido político. Teve briga e gritaria e, inclusive, a senha do partido já foi até trocada.
 
A qualquer momento novas informações. 
 
É o Blog do Israel Braga de olho nas ELEIÇÕES 2016!

ROBERTO X ROBERTO: Jornalista Abel Carvalho sugere em matéria que, deputado Roberto Costa não será candidato à prefeito.

O blogueiro e jornalista Abel Carvalho publicou em sua pagina oficial na internet ( Blog do Abel Carvalho), uma reportagem que deixa a entender em sinopse que, o deputado estadual Roberto Costa não será candidato à prefeito de Bacabal nas eleições de Outubro deste ano. 

As colocações que fazem o maior sentido, trazem ao conhecimento popular aquilo que pode ser considerado um maquiavélico plano do senador João Alberto para colocar 'as mãos' na prefeitura de Bacabal. 

VEJA A MATÉRIA COMPLETA:
O deputado estadual José Roberto Santos Costa (PMDB) nunca anunciou, e nem mesmo confirmou, se pré-candidato  - ou candidato -, a prefeitura municipal de Bacabal. Nem para os amigos mais confiáveis Costa declinou, até hoje, que pleitei o fato. Nem nas conversas abertas, quando é assediado, ele confirma a intenção, embora se comporte como tal.
 
Roberto Costa, ao longo dos últimos três anos veio ocupando paulatinamente o espaço que as chamadas oposições de Bacabal deixaram em aberto e, mesmo devendo imenso favor político ao prefeito José Alberto Veloso - cuja irmã Doralice Veloso foi importante vetor em sua reeleição para deputado -, passou a fazer ferrenha oposição ao prefeito.
O deputado estadual, para promover seu nome, fez uso pessoal da TV Difusora do município, emissora de RTV de propriedade da família Lobão, mas aqui controlada pelo Senador da República João Alberto Souza (PMDB), padrinho político de Costa - que é sócio minoritário na empresa que gere a concessão pública em Bacabal.
 
José Roberto Costa Santos parece fazer parte de uma peça que tem como principal protagonista o próprio padrinho político. A medida que foi ocupando espaços, fazendo campanha de forma velada com a anuência dos adversários, do Ministério Público e da Justiça Eleitoral, passou a deixar vazar números e índices de pesquisas que nunca foram apresentados publicamente, nas quais ele sempre aparece com o líder, criando uma situação ímpar na política local, sendo considerado hoje pelos militantes e analistas políticos como favorito - caso mantenha a candidatura -, a vencer a eleições.
 
Contudo, esse trabalho promoveu apenas o seu nome, pois a forma como foi feito criou, pare ele, uma situação de isolamento político: Costa é odiado por todos e uma ampla frente política está sendo formada para combatê-lo.
 
Mas aonde entra a peça? Simples. Ao mesmo tempo em que alimenta o seu nome individualmente Roberto Costa se indispõem com todos os grupos políticos importantes, o que lhe dificulta boas alianças e pode lhe forçar a formar a conhecida chapa pura. Isso sem falar que seu afã está dividindo quase irreversivelmente o seu grupo. Convém lembrar que a última vez que a situação se dividiu em Bacabal, no ano de 1996, século passado, a oposição venceu como o mesmo Zé Vieira que hoje se anuncia como candidato.
 
Como afugentou quase todos os possíveis aliados e conquistou o nome do prefeito José Alberto como adversário, Roberto Costa hoje tem poucas opções de coligação. A principal delas é com o PSDB do ex-vice-prefeito de Bacabal Almir Carvalho Rosa Júnior, que seria o nome indicado pelo partido, num trabalho de aliança que envolveria nuanças das pretensões do partido em São Luís.
 
Criadas as adversidades e o caos entra, então, a figura do Senador da República João Alberto Souza que, num gesto de humildade e amor por Bacabal faria o sacrifício de, em nome da união do seu grupo, convencer Roberto Costa a retirar o seu nome da disputa, cujo nome - é claro -, seria substituído pelo nome do próprio João Alberto Souza.
 
Nesse ano de eleições extramente atípicas, quase duas dezenas de nomes ainda estão colocados como pleiteantes a prefeitura, a guerra que se estabelece é de Roberto contra Roberto. E, parece, que ele vai perder a eleição para ele mesmo.

Por Abel Carvalho

Desembargador Guerreiro Júnior será submetido a cirurgia nesta sexta (24)

Desembargador Guerreiro Júnior
Desembargador Guerreiro Júnior
O desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão, Antônio Pacheco Guerreiro Júnior, passará por um cateterismo coronário, nesta sexta-feira (24). O procedimento será realizado no Hospital São Domingos, em São Luís.
Guerreiro está internado desde esta quarta-feira (22) para ser submetido a alguns exames como o de imagem ecodoppler do coração, que acusou arritmia cardíaca e por isso passará por cirurgia.

Saiba mais sobre o desembargador
Guerreiro Júnior nasceu em São Luís, onde concluiu sua formação acadêmica. Foi auxiliar de escritório do Tribunal de Justiça; diretor da Corregedoria Geral da Justiça; escrivão dos feitos da Fazenda Pública nesta capital e juiz de Direito aprovado em concurso público.

Exerceu a Magistratura junto às Comarcas de Guimarães, Cururupu, Cedral, Pinheiro, Turiaçu, Cândido Mendes, Itapecuru-Mirim, Vargem Grande, Chapadinha, Bacabal, Lago da Pedra, São Mateus, São Luís Gonzaga, Olho d´Água das Cunhãs, Vitorino Freire, Paulo Ramos, Altamira do Maranhão, Pio XII e São Luís.

Fora da Justiça, exerceu o cargo de presidente da Cooperativa dos Profissionais Autônomos do Maranhão, vice-presidente da Cooperativa de Livros dos Universitários, participando ativamente de todas as lutas pelo melhoramento do ensino superior.

 Possui especialização em Direito Constitucional, Administrativo, Civil, Processual Civil, Tributário e Financeiro. 

 Recebeu comendas de grande vulto na área jurídica, como as medalhas do Mérito Judiciário e Bento Moreira Lima, bem como os títulos de cidadania dos municípios de Itapecuru e Bacabal. Foi condecorado, ainda, com a Medalha Simão Estácio da Silveira, concedida pela Câmara Municipal de São Luís.

Recentemente, sua produção como jurista foi matéria de capa de publicação de destaque nacional, a Revista Consulex, sobre crédito rural. Desde 1998 ocupa o cargo de desembargador deste Tribunal.

Com informações do Blog do Antônio Martins

FRENTES DE SERVIÇOS: Prefeitura de Bacabal inicia pavimentação asfáltica de ruas e avenidas

 
Após a abertura, o alargamento e o empiçarramento de mais de 50 ruas na Vila da Paz, a Prefeitura de Bacabal deu inicio a pavimentação de ruas e avenidas no município.

As obras iniciaram pela  Dias Carneiro e se estenderão por mais 16 ruas.

Os recursos são oriundos de Emenda Parlamentar  do deputado federal Alberto Filho e fazem parte da primeira etapa do processo de recuperação da infraestrutura da cidade.

Na zona rural as estradas vicinais que ligam o município aos povoados São Sebastião dos Pretos e Mata Diana estão sendo concluídas.
 



terça-feira, 21 de junho de 2016

Pré-candidatura de Zé Vieira e César Brito se consolida e recebe adesões

Entre petiscos e conversas Zé Vieira continua tocando a pré-campanha. Aqui ele toma café com o hipotético vice César Brito e com o deputado federal André Fufuca, presidente do PP Maranhão.
Nascida há pouco mais de um mês a pré-candidatura do ex-prefeito e ex-deputado federal José Vieira Lins se consolida, ganha forças e recebe adesões, caminhando para se transformar em uma ampla frente política de grande densidade e peso eleitoral no município de Bacabal.

Vieira tem como primeira conquista o apoio integral do diretório estadual do seu partido, o PP, e o total empenho do seu presidente, deputado federal André Fufuca, que não tem medido esforços, inclusive participando, de forma pessoal e ativa, das ações que estão sendo realizadas no município.

As inúmeras articulações realizadas durante encontros como cafés, almoços e jantares, estão sendo revertidas em adesões sequentes e de grande influência, a exemplo do apoio do deputado estadual Carlinhos Florêncio e do vereador Florêncio Neto, ambos do PHS, líderes e representantes do Grupo Florêncio.

Brito, Vieira, Lisboa e o Grupo Florêncio: Carlinhos, Jaira Monteiro e Florêncio Neto. 
O grupo abriu mão do direito a candidatura própria, trabalhava a pré-campanha do vereador Florêncio Neto a prefeitura de Bacabal, e não impôs como condição de adesão ocupar a disputada vaga de vice na chapa encabeçada por Vieira. O apoio ao ex-prefeito e ex-deputado federal é integral, completo e irrestrito.
O deputado estadual Carlinhos Florêncio explica que a posição tomada é o reconhecimento ao nome de José Vieira e ao trabalho que ele desenvolveu em Bacabal, frisando que eles, Vieira e Florêncio, sempre trabalharam juntos ao longo de todos esses anos. Florêncio lembra que figurou como vice em uma chapa encabeçada por Vieira e avalia como muito importante o apoio que recebeu do ex-prefeito em sua primeira eleição para deputado estadual.

José Vieira Lins recebeu também a adesão formal do empresário César Brito. Mesmo neófito em política, Brito era pré-candidato a prefeito, abriu mão dessa condição, lidera um pequeno grupo, mas pleiteia a vaga de vice na chapa que Vieira encabeçará.

César Brito tem participado da linha de frente das ações realizadas para azeitar a pré-campanha e é visto como o nome que pode trazer o apoio do governador Flávio Dino para a campanha de José Vieira, por sua reconhecida gravitação em torno do eixo do poder no Maranhão.

Brito anuncia ter bom relação política com o Secretário de Estado da Comunicação, Márcio Jerry Saraiva Barroso, e com o deputado federal Rubens Júnior (PC do B), e/ou com o pai do mesmo, o ex-deputado estadual Rubens Pereira.

Outro apoio conquistado entre petiscos e drinques por José Vieira Lins foi o do ex-prefeito de Bacabal, médico Raimundo Nonato Lisboa. Lisboa é dono de reconhecido cacife 
O ex-prefeito Raimundo Lisboa se responsabiliza pelas ações da pré-campanha de Vieira.
eleitoral, principalmente na zona rural do município, lidera um expressivo grupo e tem dois trunfos nas mangas que podem vir a ocupar a vaga de vice na chapa encabeçada por Vieira: o da ex-esposa Graciete Trabulsi, ex-deputada estadual, e o do ex-vice-prefeito Almir Carvalho Rosa Júnior, seu amigo pessoal sobre quem exerce grande influência, que, inclusive, formou dobradinha com José Vieira na eleição passada.

Lisboa, ao lado do deputado estadual Carlinhos Florêncio, será responsável pela coordenação das ações da pré-campanha e campanha.

O ex-prefeito José Vieira começa também a granjear apoio dentro da câmara municipal de Bacabal, podendo cooptar nomes relevantes e expressão dentro do parlamento. Alguns desses nomes viriam da bancada que dar apoio ao prefeito José Alberto Oliveira Veloso, já defendem abertamente o nome de Vieira, e da sua pretensa candidatura, os vereadores Rogério Santos e Reginaldo do Posto, ambos do PRP, e essa lista pode engrossar com o prosseguimento da pré-campanha.

Do Blog do Abel Carvalho

Zé Vieira e César Brito prestigiam acompanhado de líderes políticos, o tradicional Festejo de São João Batista


O ex-prefeito de Bacabal Zé Vieira participou na noite desta segunda-feira, dia 20, acompanhado de seu fiel companheiro empresário e pecuarista César Brito e aliados políticos, do Festejo de São João Batista em Bacabal. O evento religioso acontece todos os anos, entre os dias 17 e 25 de junho, no bairro Vila São João e atrai centenas de fieis da Igreja Católica. 

O convite foi feito ao Grupão politico comandado por Zé Vieira, através do deputado estadual Carlinhos Florêncio que também se fez presente no evento acompanhado de seu filho vereador Florêncio Neto e, sua esposa Jaira Florêncio.  O ex-prefeito Dr. Lisboa e diversas lideranças comunitárias também estiveram abrilhantando a comitiva de Zé Vieira. 


César Brito destacou suas raízes e vinculos com Bacabal: " Nós que integramos o grupo de Zé Vieira, Eu, deputado Carlinhos, vereador Florêncio Neto, ex-prefeito Lisboa, somos daqui, temos esposas aqui, moramos aqui, conhecemos os problemas de nossa cidade, merecemos a confiança de nossos conterrâneos, temos empreendimentos aqui, geramos emprego e renda pra nossa cidade. Não fomos trazidos por ninguém pra passar um inverno em Bacabal..." disse em tom enfático César Brito.

O vereador Florêncio Neto falou da importância de celebrar a festa da comunidade de São João Batista: “É muito importante reunirmos nossos amigos e prestigiar um evento tão tradicional nesta região como é este festejo de São João Batista. Graças a Deus temos a oportunidade de mais um ano sermos parceiros deste evento e estamos aqui hoje celebrando com todos os nossos amigos junto com a comunidade esta festa bonita.”, declarou o vereador.

Por Israel Braga 

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Autoridades de Bacabal discutem possibilidade de reativação do Tiro de Guerra


O tiro de guerra tem como objetivo criar combatentes de 2ª categoria, aptos ao desempenho de tarefas no contexto de defesa territorial e defesa civil. Os TGs são estruturados de forma que o convocado possa conciliar a instrução militar com o trabalho ou estudo. Ao se alistar no serviço militar obrigatório o indivíduo pode ser convocado para o TG, que geralmente fica no próprio município, e assim se tornar parte do efetivo variável (EV) do EB, podendo servir até 9 anos, começando como soldado de 2º Classe, não engajado.

No serviço militar obrigatório também é possível ingressar no CPOR (Centro de Preparação de Oficiais da Reserva), concluindo o curso o indivíduo se torna um Aspirante-a-Oficial do Efetivo Variável, podendo servir até 9 anos e subir na hierarquia. Para se candidatar a uma vaga no CPOR é preciso: Ser brasileiro nato, estar matriculado em algum curso superior reconhecido pelo MEC, ser solteiro, estar se apresentando para o serviço militar inicial como voluntário para servir no CPOR.


Além disso o candidato precisa passar nos testes de aptidão física, testes escritos, exames médicos oftalmológicos e uma avaliação psicológica. Somente os candidatos mais bem qualificados são matriculados como alunos.

Atualmente no Maranhão existem em operacionalidade três Tiros de Guerra:
TG 10-002 – Caxias-MA
TG 10-003 – Codó-MA
TG 10-008 – Pedreiras-MA
O quarto seria o de Bacabal (TG 10-017 – Bacabal-MA), mas encontra-se desativado há décadas. Na manhã de sexta-feira (17), o Prefeito Zé Alberto Veloso recebeu em seu gabinete o Cel. Azevedo Comandante do 24º Batalhão de Infantaria do Maranhão.


Objetivo o encontro: A reativação do TG 10-017 de Bacabal. A Solicitação foi feita pela Vereadora Regilda Santos e pelo deputado federal Alberto Filho.

Estamos aqui atendendo a uma solicitação do deputado Alberto Filho e da vereadora Regilda para discutirmos a forma mais célere de reativar o  TG 10-017 de Bacabal. O prefeito se mostrou solicito e disponibilizou toda a logística necessária” disse o Comandante Azevedo.

É pensamento nosso também implantarmos em Bacabal o EXPOSEGMA projeto voltado para o combate às drogas através de palestras e campanhas de alerta e conscientização junto aos jovens, bem semelhante ao PROERD da Policia Militar” finalizou Azevedo.

Deputado Carlinhos Florêncio visita o Projeto Esporte e Cidadania

Depois de intensa semana de trabalho participando das sessões diárias da Assembleia Legislativa e das reuniões das comissões parlamentares as quais integra, o deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS) dedicou o final de semana para desenvolver extensa e importante agenda extra parlamento em Bacabal.

Florêncio realizou, pelo menos, reuniões e encontros sobre temas distintos, e desses eventos participaram lideranças comunitárias e políticas, sendo que o ponto alto da agenda foi à visita que fez sábado (18) ao Projeto Esporte e Cidadania.
O projeto é uma parceria da Associação Bacabalense de Amigos e Colegas (Asbac), Governo do Estado do Maranhão - através da Secretaria do Estado de Esporte e Lazer, viabilizado através de emenda do próprio deputado Carlinhos Florêncio, com idealização e total apoio do vereador Florêncio Neto.

O projeto mantém 04 polos de esportes, sendo 03 escolinhas de futebol com atuação no Bairro da Areia, Vila Almiro Paiva e Vila São João e, uma escolinha de Karatê no residencial Terra do Sol, beneficiando 420 crianças e adolescentes de 7 a 17 anos.

Os alunos receberam do projeto todo o material necessário para a prática dos esportes, a exemplo das equipagens, bolas, chuteiras, quimonos e tatames.
O trabalho realizado pela Associação Bacabalense de Amigos e Colegas já desfruta do reconhecimento dos que dele participam, assim como dos pais, mães e responsáveis, além  das próprias comunidades envolvidas, e isso Carlinhos Florêncio pôde testemunhar na visita que fez aos polos de futebol do Esporte e Cidadania, onde acompanhou os treinos e presenciou o empenho das crianças e jovens, como o pequeno Mateus, aluno que foi escolhido para fazer um teste no time da Ponte Preta, em São Paulo, durante uma peneira realizada no projeto.

Cada polo tem o acompanhamento de profissionais capacitados, entre os quais os professores Raimundinho e Gamarra, que dão orientações técnicas no esporte e também no desenvolvimento da cidadania. A iniciativa proporciona um grande avanço no incentivo ao esporte e no combate à marginalidade.
O deputado Carlinhos Florêncio também visitou outros grupos de jovens esportistas onde pretende fazer a ampliação do projeto e fez a entrega de chuteiras e bolas. Para Florêncio o projeto é essencial na formação e crescimento da cidadania destas crianças e adolescentes. Em razão disso ele garantiu que não medirá esforços para trabalhar e buscar as parcerias necessárias para melhorar cada vez mais a vida da população bacabalense.
 
Da assessoria